jueves, octubre 09, 2008

LOBA (de Ximena Rivas) P701200 en portugués *

Esta sede de ti
Que me desvenda
Uiva nos meus anseios
Não me dá tréguas

Ela agita-me
Desconcentra- me.
Sou uma fogueira !
Vivo apaixonada
Não há distâncias
Não há fronteiras

O tempo voa.
Comigo nos teus braços
Desintegra-se

E eu ateio-me
Em vermelho vivo
Sem dar por isso

Feroz loba
Na lua cheia

Como me abrasas !
Como me inquietas
Enquanto te vás
Mordo as tuas pegadas
Desejo que voltes

O dia termina
A noite chega
Meu querido amante
Que louca espera !

Regressa à minha sede
Acaba com ela


Traducción de Geraldes de Carvalho P710310

1 comentario:

gdec dijo...

Pela pequena parte que me respeita, muito obrigado, muito agradecido.

Geraldes de Carvalho